2019 : Ano de resultados

Cerca de 15 mil alunos foram beneficiados com cursos gratuitos de capacitação e qualificação profissional , EAD e Técnicos em Nível Médio nas regiões Norte, Nordeste de Goiás e Entorno do Distrito Federal

O Instituto Brasileiro de Cultura, Educação, Desporto e Saúde (Ibraceds) finalizou o ano de 2019 com um balanço positivo de suas atividades à frente da Regional 1, responsável pela administração das unidades de ensino da Rede Itego nas regiões Norte. Nordeste do Estado e Entorno do Distrito Federal. Um ano de trabalho, dedicação e troca de experiências.

Desde que o instituto recomeçou seus trabalhos junto à Rede Itego, em maio deste ano, além dos institutos tecnológicos Maria Sebastiana da Silva, em Porangatu; Carmem Dutra de Araújo, em Formosa; Sarah Luísa Lemos Kubitschek de Oliveira, em Santo Antônio do Descoberto; e Genervino Evangelista da Fonseca, em Cristalina, também foram atendidos 31 municípios, por meio dos Colégios Tecnológicos de Goiás (Cotec), com cursos gratuitos de capacitação e qualificação profissional e cursos de formação em Nível Técnico.

Ainda em 2019, aproximadamente 15 mil alunos foram beneficiados com mais de 128 cursos oferecidos nas modalidades presenciais e à distância (EAD) nas unidades de ensino atendidas pela Regional 1. O mercado de trabalho das regiões Norte e Nordeste do Estado de Goiás e o Entorno do Distrito Federal recebeu novos profissionais capacitados que buscam qualidade de vida. Cabeleireiros, maquiadoras, técnicos em Zootecnia, padeiros, apicultores e muitos outros profissionais saíram das salas de aula dos Itegos e Cotecs para ganhar a vida com seu próprio sustento.

Para o presidente do Ibraceds, Antonio Almeida, o sentimento é de gratidão pelo ano de conquistas do instituto. “As conquistas para nós vão além da meta estabelecida pela Rede Itego, o que também é muito importante, mas, acima de tudo, é conseguir devolver o sorriso e a esperança de dias melhores aos alunos que passam por nossas unidades de ensino”, pontua.

Os avanços alcançados pela Rede Itego também podem ser reconhecidos no trabalho realizado pelo Núcleo de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica (DIT). Mais de oito mil horas divididas entre planejamento, palestras, oficinas e visitas aos Arranjos Produtivos Locais (APL) trabalhando o fortalecimento dos ambientes de inovação, a prestação de serviços tecnológicos, o compromisso com o desenvolvimento da inteligência corporativa e a transferência de tecnologia e inovação.

Um momento marcante para os profissionais da Regional 1 foi o 1º Encontro Integrado de Formação Gestorial, que reuniu representantes das unidades de ensino e do instituto com objetivo de aprimorar o conhecimento e trocar experiências em prol da excelência no trabalho aplicado nos Itegos e Cotecs.

O Curso de Mídia Training foi outro ponto marcante de 2019. Sempre buscando qualificar seus profissionais e prepará-los para o dia a dia nas instituições, o Ibraceds promoveu um encontro onde os participantes conheceram detalhadamente o processo da notícia e as formas de atendimento e contato com a imprensa. De acordo com a diretora do DIT, Selva Oliveira, é preciso estar preparado para falar sobre o trabalho realizado. “Somos uma empresa transparente e temos alegria e responsabilidade de falar sobre o Ibraceds e a Rede Itego. Precisamos estar sempre preparados para apresentar ambas as partes da melhor forma possível”, ressalta Selva.

Antônio Almeida destaca ainda a relevância das unidades móveis de ensino para a regionalização do desenvolvimento do Estado, uma das metas do governo estadual. “Com os Cotecs Móveis, que são as carretas laboratórios, conseguimos levar cursos de capacitação e qualificação profissional a alguns dos municípios mais carentes de Goiás, como Simolândia, São Domingos e Distrito do Prata”, afirma.

A regionalização do desenvolvimento de Goiás é uma das metas prioritárias do atual governo. A Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) por meio da Rede Itego, tem trabalhado para levar conhecimento à população dos municípios apontados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH). “O conhecimento gera oportunidade e as oportunidades podem gerar qualidade de vida, é isso que buscamos levar e proporcionar aos alunos atendidos pelo Ibraceds”, diz.

O planejamento para o próximo ano já é instrumento de trabalho da Regional 1, que ampliará suas vagas e ofertas de cursos. De acordo com a superintendente de ensino do Ibradeds, Lacy Guaraciaba, o objetivo do instituto é oferecer cursos gratuitos ao maior número de alunos, de forma íntegra e com responsabilidade. “Oferecer conhecimento é o melhor que podemos doar ao próximo e isso nós temos a certeza que estamos fazendo de forma profissional e ética!”, afirma.

 

Novidade

Para 2020, a novidade é que três, dos quatro Itegos administrados pelo Ibraceds, vão assumir o status de Educação Superior, o que proporcionará a formação em nível tecnológico e ampliará a qualidade das ações de ensino no Estado de Goiás. A expectativa é que na primeira quinzena de março já seja possível trabalhar o processo seletivo para o curso superior. O planejamento é oferecer 180 vagas para cursos de Tecnologia em Alimentos, Legista e outros que ainda serão divulgados. “Estamos aguardando a autorização do Conselho Estadual de Educação para iniciarmos o processo seletivo e as contratações dos profissionais”, finaliza a superintendente.

Além da nova modalidade, serão oferecidas em 2020 aproximadamente 20 mil vagas de ensino distribuídas em cursos gratuitos (presenciais e EAD) de capacitação e qualificação profissional, cursos de formação em Nível Técnico. “Finalizamos o ano realizados por alcançar nossas metas e levar conhecimento a tantas pessoas”, afirma Antônio Almeida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *