Curso Técnico em Apicultura fomenta mercado de trabalho em Porangatu

Mais de 5 mil alunos do município foram beneficiados com cursos em diversas áreas nas modalidades presenciais e à distância

 A Rede Itego, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), tem transformado a vida de muita gente com os cursos gratuitos de capacitação e qualificação profissional. Além das 4 mil vagas oferecidas na modalidade à distância (EAD), cerca de 25 mil vagas foram ofertadas nos 633 cursos presenciais disponibilizados pela Rede em 2019.

No Instituto Tecnológico de Estado de Goiás (Itego) Maria Sebastiana da Silva e nos Colégios Tecnológicos do Estado de Goiás (Cotecs) vinculados à unidade, ambos atendidos pela Regional 1, mais de 5 mil alunos foram beneficiados no primeiro semestre com cursos nas áreas de Ambiente e Saúde, Gestão e Negócios, Desenvolvimento Educacional e Social, e Informação e Comunicação. Esse número equivale aos cursos de Ensino à Distância (EAD) e também aos presenciais que são realizados nas próprias unidades.

O trabalho desenvolvido pela Rede Itego, cujo objetivo é qualificar a população para as oportunidades, é considerado pelos alunos como um degrau para a vida profissional. Um exemplo disso é a história do egresso do curso técnico de Apicultura Lucas Luiz de Lima, de 17 anos.

Natural de Porangatu, cidade rica no segmento do mel, e um dos 35 alunos beneficiados com o curso técnico no município, Lucas viu ali a chance de conhecimento, aprendizagem e futuras oportunidades no mercado de trabalho.

Ainda durante os estudos, Lucas conseguiu um emprego na Associação Casa do Mel, local onde ele pode unir o conhecimento teórico à prática, acompanhar de perto todo o manejo do apiário e principalmente o processo de produção da placa de cera alveolada, material que auxilia e influencia a produção do mel, eixo que ele escolheu e se dedica atualmente.

O egresso concluiu o curso no fim de março deste ano e hoje é um dos produtores de placa de cera alveolada da região de Porangatu. Trabalha na Cooperativa dos Apicultores do Norte Goiano e se diz muito feliz pela oportunidade que teve no Itego. “O curso técnico de Apicultura fez uma grande diferença em minha vida. Aprendi, me preparei, consegui um emprego e agora posso até ensinar outras pessoas. Se não tivesse a oportunidade de fazer este curso, não estaria onde estou hoje: empregado e bem feliz com os resultados”, afirmou.

Lucas não é o único que concluiu o curso e já conseguiu um emprego na área. O seu ex-colega de classe, Lucas Dornelas, é mais um exemplo dos resultados do trabalho realizado pela Rede Itego. Além do nome em comum, eles agora são colegas de profissão. Ambos têm o seu próprio apiário e ainda trabalham na produção de placa de cera em uma das cooperativas de mel de Porangatu.

Além de levar o conhecimento à população, a Rede Itego prepara o aluno para o mercado, trabalha o desenvolvimento dos produtos, a marca e a inovação, acompanha todo o processo de produção e auxilia no que for necessário para o fomento do setor. “Um trabalho que contribui para o progresso do município”, ressalta a diretora do Itego de Porangatu, Thaís Cesário.

Diariamente, representantes da Regional 1 recebem das cooperativas, associações e Arranjos Produtivos Locais (APLs) demandas e anseios do setor para atualizar e  planejar ações que atenderão os produtores no processo de incubação de negócio, no desenvolvimento de novos produtos, sempre com objetivo de fomentar o mercado local.

Curso Técnico em Apiário

Com aproximadamente 1,2 mil horas aulas e duração de até um ano e meio, o curso, além de capacitar os alunos para atuarem no setor apícola, ainda oferece um trabalho voltado para incubação de negócio com suporte técnico, gerencial e formação complementar ao empreendedor, facilitando o processo de inovação e acesso a Novas Tecnologias.

Diante da demanda crescente na região, a Regional 1 da Rede Itego está discutindo e planejando  a criação de mais três cursos na área de apicultura. “Queremos efetivar a criação destes cursos o mais breve possível”, finalizou a diretora do Itego de Porangatu, Thaís Cesário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *