Rede Itego: adaptação positiva de professores e alunos ao mundo virtual

26 de maio de 2020

Em meio às modificações de convivência impostas em todo mundo pela pandemia do novo coronavírus e às medidas de isolamento social determinadas pelo Governo de Goiás, a Rede Itego, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), também se adaptou às novas rotinas da sociedade e como forma de minimizar os impactos no processo de aprendizagem passou a oferecer cursos no regime especial de aulas não presenciais. Além dos cursos em andamento, mais de 7 mil vagas estão com inscrições abertas para novos cursos à distância em toda Rede Itego.

A professora do curso de Assistente De Contabilidade, Camila Scavacini, graduada em Direito pela Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), é uma das educadoras que se reinventaram e se adequaram à nova realidade de aulas virtuais em tempos de pandemia.

Professora no Instituto Tecnológico do Estado de Goiás (Itego) Maria Sebastiana da Silva, em Porangatu, ela conta que os resultados das aulas on-line são positivos. “Tive que criar uma intimidade com a câmera e meios de me aproximar dos meus alunos em suas diferentes realidades. Estamos fazendo reuniões virtuais para discutir o assunto apresentado nas aulas, tirar dúvidas e equacionar os exercícios”, explica a educadora, que, além da plataforma AVA, usada pela Rede Itego, usa também como ferramenta de trabalho o WhatsApp e programas que facilitam a reunião online com os alunos. “Hoje, nós, professores, mais do que nunca somos facilitadores do aprendizado de nossos alunos e este contato virtual tem sido muito válido e importante”, finaliza.

Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), Vitor Eduardo de Oliveira também é professor na unidade de ensino de Porangatu e se reinventou neste período. Desde setembro ele ministra aulas presenciais para alunos do curso de Informática Básica. Agora com a adaptação às aulas não presenciais ele afirma que as dificuldades existem, mas estão sendo superadas com muita dedicação, tanto por parte dos professores quanto dos alunos. “Em nossa unidade temos alunos adolescentes e também idosos e todos eles buscam aperfeiçoar suas técnicas para se destacar diante das oportunidades oferecidas no mercado de trabalho. Além das aulas realizadas na plataforma AVA, as videochamadas fazem toda diferença, pois são o nosso contato direto com o aluno. Ali eu explico e mostro aos meus alunos diante do meu computador exatamente o que a teoria diz. É como se a videochamada fosse nossa aula prática”, assimila.

Ele fala ainda sobre a importância dos familiares no auxílio com as novas ferramentas de aprendizagem. “Nem todos possuem um alto conhecimento da internet e o mundo virtual. Tenho um aluno de 60 anos que sua filha o auxilia durante as aulas. Isso é um exemplo de determinação e de que as aulas à distância também proporcionam conhecimento e geram resultados positivos para ambas as partes” enfatiza o professor.

Os cursos da Rede Itego são totalmente gratuitos e atendem toda a população goiana que deseja se qualificar para as oportunidades do mercado de trabalho. Mesmo com aulas online, o professor Vitor Eduardo explica a importância de se matricular em uma unidade do Itego na sua cidade ou região. “Cerca de 20% da carga horária de alguns cursos é realizada por meio de encontros presenciais, o que será concretizado após o período de pandemia. É importante que o aluno tenha conhecimento dessa questão no ato da matrícula”, enfatiza.

As dificuldades vieram junto com as novidades, mas não são empecilho para quem deseja aprender. A educação à distância proporciona uma nova realidade nos lares, com várias possibilidades e desafios, entre eles, readaptação da rotina de estudos em casa. Lucas de Amorim, de 16 anos, é aluno do 2 º ano no Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás Tomaz Martins Da Cunha e do curso de Assistente de Contabilidade no Itego de Porangatu. Ele avalia a mudança no formato do curso como positiva. “É difícil mudar a nossa rotina, mas é preciso fazer a nossa parte e nos adaptarmos à nova realidade virtual para que tenhamos resultados. Conseguimos nos organizar e todas as dúvidas são esclarecidas com facilidade. Este curso é uma base para o que eu quero no futuro. Tenho planos de seguir carreira de contador e fazer este curso, mesmo que de forma virtual, tem me ajudado a ter certeza de que é realmente isso que quero para minha vida”, avalia.

O momento é de se reinventar e a mudança de hábitos pode trazer aprendizados que, futuramente, farão toda diferença. Durante a quarentena, aproveite para se qualificar e planejar os seus próximos passos. Para saber mais detalhes sobre os cursos com inscrições abertas entre no site https://www.desenvolvimento.go.gov.br/ e clique no link Seleção de Alunos. As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site ead.go.gov.br até o dia 10 de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© IBRACEDS - Todos os direitos reservados